Análise reflexiva do turismo em saúde à luz da inovação

Autores

  • Keline Leão Ferreira Universidade Feevale
  • Dusan Schreiber
  • Daniel Pedro Puffal UNISINOS - Universidade do Vale do Rio dos Sinos

DOI:

https://doi.org/10.7784/rbtur.v10i2.919

Palavras-chave:

Turismo em saúde. Inovação. Hospitais. Saúde.

Resumo

O turismo em saúde, um fenômeno recente no Brasil, representa uma importante oportunidade de expansão para as instituições de saúde que possuem instalações, recursos humanos e tecnologia de excelência. O presente trabalho desenvolve reflexão sobre esse mercado à luz de vertentes teóricas acerca da inovação, principalmente com base em Manual de Oslo, Tidd et al., Christensen e Miller e Morris. Com o propósito de subsidiar a análise foi conduzido o estudo multicaso em quatro instituições de saúde da região sul do Brasil. As evidências apontam que a participação da instituições no mercado de turismo em saúde propiciou que a inovação em produto, processo, marketing e organizacional fosse considerada um diferencial competitivo, gerado por uma nova concepção de negócio, redesenho de seus processos, adequação dos ambientes físicos, maior importância das áreas de marketing e gestão, gerando um reconhecimento externo, uma maior rede relacionamentos, cooperação entre os seus pares e atribuindo às instituições um padrão internacional de fornecimento de serviços.

Biografia do Autor

Keline Leão Ferreira, Universidade Feevale

Administradora de Empresas, Especialista MBA Auditoria em Saúde, participante do Grupo de pesquisa Gestão na Universidade Feevale.

Dusan Schreiber

Doutor em Administração, Professor no Programa de Pós-Graduação em Qualidade Ambiental da Universidade Feevale.

Daniel Pedro Puffal, UNISINOS - Universidade do Vale do Rio dos Sinos

Professor e Pesquisador do Programa de Pós Graduação em Gestão e Negócios da Unisinos.

Downloads

Publicado

2016-05-10

Edição

Seção

Artigos