Percepção socioambiental: a visão de turistas e gestores de hotéis sobre os impactos da poluição das praias no turismo do Rio de Janeiro

Autores

  • Marcelo Rocha
  • Deborah Moraes Zouain

DOI:

https://doi.org/10.7784/rbtur.v9i2.775

Palavras-chave:

Turismo. Percepção socioambiental. Poluição das praias.

Resumo

O turismo é percebido como um fenômeno econômico, social e cultural com importantes impactos socioambientais. No caso do Brasil, o Rio de Janeiro é a cidade que mais recebe turistas estrangeiros. Entretanto suas praias enfrentam pro-blemas por causa da poluição. Nesse contexto, a análise da percepção socioambiental de turistas e gestores de hotéis sobre a qualidade das praias cariocas constitui-se em elemento para a reflexão dos impactos ambientais e, sobretudo, para políticas públicas voltadas ao turismo. Sendo assim, o objetivo desta pesquisa foi analisar a percepção socioambi-ental de turistas e gestores de hotéis sobre os impactos da poluição das praias no turismo do Rio de Janeiro. Para tal, foram aplicados questionários semiestruturados para turistas e gestores de hotéis. Os resultados apontaram que os turistas que chegam à cidade estão mais preocupados em desfrutar as belezas e os pontos turísticos do que se informar sobre as condições ambientais do Rio de Janeiro. Foi possível perceber, ainda, que as praias influenciam fortemente a imagem que eles têm da cidade. Por esse motivo, embora a maioria deles perceba a poluição das praias, tanto pelo aspecto estético, quanto pelo da saúde pública, não compromete o interesse em visitar o Rio de Janeiro e tampouco em frequentar as praias para banho. Vale ressaltar que, mesmo em hotéis em que se desenvolvem estratégias que auxiliam a conscientização dos hóspedes, eles continuam com a percepção apenas de turistas e não buscam informar-se sobre os potenciais riscos à saúde.

Downloads

Publicado

2015-08-27

Edição

Seção

Artigos