Um olhar ético-crítico do turismo como objeto/ fenômeno intercultural de estudo

Autores

  • Celeste Nava Jiménez Universidad Autónoma del Estado de México
  • Rubén Mendoza Valdés
  • Marcelino Castillo Nechar

DOI:

https://doi.org/10.7784/rbtur.v8i2.759

Palavras-chave:

Interculturalidade, Pesquisa, Turismo.

Resumo

A diversidade cultural é uma das características do mundo atual e apresenta oportunidades para novas abordagens na investigação social. O turismo como um objeto de estudo intercultural é uma questão que deve ser investigada por meio de pesquisas. Nesse contexto, o presente trabalho considera o turismo mais que um objeto de consumo, é primeiramente um fenômeno cuja possibilidade de ser analizado e interpretado está no significado e transcendência que o ser humano lhe dá como fenômeno. A finalidade da investigação é o estabelecimento de um grau de interdisciplinaridade entre os estudos de turismo e o mundo atual, rico em diveresidade cultural e fatos sociais complexos. O trabalho aborda três eixos principais: o primeiro relacionado ao plano da intercuturalidade como visão espistêmica do fenômeno do turismo. O segundo apresenta uma reflexão sobre o panorama ético crítico entre o turismo e a interculturalidade e; o terceiro propõe o turismo como fenômeno intercultural e ético. Conclui-se que o fenômeno do interculturalidade e do turismo são categorias que se correspondem em algum momento.

Biografia do Autor

Celeste Nava Jiménez, Universidad Autónoma del Estado de México

Doctorante en Estudios Turísticos

Publicado

2014-09-01

Edição

Seção

Artigos