Um olhar para o turismo residencial na ilha de Cozumel, México

Autores

  • Alejandro Palafox-Muñoz Universidad de Quintana Roo División de Desarrollo Sustentable
  • Alejandra Del Rosario Dzib Basto Universidad de Oritente
  • Emmanuel Kauil-Fernández Universidad de Oriente

DOI:

https://doi.org/10.7784/rbtur.v8i2.742

Palavras-chave:

Turismo Residencial, Cozumel, Mudança de residência, Impactos do turismo residencial.

Resumo

O destino turístico de Cozumel tem experimentado nos últimos anos uma série de mudanças notórias devido aos diversos tipos de turismo que se desenvolvem na localidade. O turismo de cruzeiros e o de mergulho são os segmentos que se promoveram ao longo do tempo e nos últimos anos tem começado um impulso ao turismo desportivo. Ditos segmentos de mercado têm sido promotores do turismo residencial na ínsula, o qual não tem sido tema de análise académica, por isso, este documento pretende realizar uma aproximação ao estudo do tema, já que a revisão literária afirma que este tipo de turismo tem causado fortes impactos negativos de índole ambiental, económico e social para a comunidade receptora. Destacam-se vários actores sociais inmersos na análise, tais como a população residente, os novos residentes (principalmente estrangeiros), o governo e as empresas imobiliárias. Por médio da aplicação de um instrumento para a recopilación de dados e sua aplicação in situ, estabeleceu-se o panorama geral do desenvolvimento do turismo residencial em Cozumel, mas a complexidade do tema e a diversidade de variáveis para sua análise requerem de um esforço maior e multidisciplinario, pelo que o presente artigo prioriza sua atenção em três aspectos: a) a motivação dos estrangeiros por sua mudança de residência; b) o dano ao litoral pelas construções; e c) a divisão das formas de vida entre o habitante local e o novo residente.

Biografia do Autor

Alejandro Palafox-Muñoz, Universidad de Quintana Roo División de Desarrollo Sustentable

Profesor - Investigador de Tiempo Completo Departamento de Estudios Sociales y Empresariales

Publicado

2014-09-09

Edição

Seção

Artigos