Análise de aspectos hedônicos e utilitários como preditores da recomendação e recompra do Natal Luz

Autores

  • Rafael Mendes Lübeck Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUC-RS
  • Fernando Oliveira Santini Faculdade Senac Porto Alegre
  • Maria Emília Camargo Universidade de Caxias do Sul, UCS
  • Tatiana Schena Wanin Faculdade Senac Porto Alegre

DOI:

https://doi.org/10.7784/rbtur.v10i2.720

Palavras-chave:

Recomendação. Recompra. Lealdade

Resumo

O objetivo do presente trabalho foi demonstrar que os aspectos hedônicos e utilitários antecedem a recomendação e recompra (lealdade) e que a frequência de visitas a um evento modifica a percepção do consumidor sobre as motivações hedônicas e utilitárias sendo que quanto maior a frequência de visitas ao evento mais utilitária é a motivação. Para tal intento procedeu-se uma survey, executada entre dezembro de 2011 e janeiro de 2012, medindo a percepção hedônica e utilitária em relação à recomendação e recompra moderada pela frequência de visitas ao evento. Os dados foram tratados com a utilização da técnica de modelagem de equações estruturais (MEE). s resultados demonstraram que quanto mais os consumidores vão ao evento, maior é à força dos motivos utilitários para recomendação e recompra e que aspectos hedônicos e utilitários antecedem a recomendação e recompra. O valor hedônico nos resultados encontrados diminui conforme o consumidor frequenta o evento. Esta evidencia possibilitou a inferência que após a primeira visita ao “Natal Luz” o consumidor desenvolve uma relação de utilidade com o espetáculo, podendo citar “razões” para sua escolha e quanto maior for a recompra maior será a racionalização da escolha pelas novas recompras do evento

Biografia do Autor

Rafael Mendes Lübeck, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUC-RS

Doutorando em Administração, linha de pesquisa Marketing na Pontíficia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PPGAd/PUC-RS), Mestre em Administração pela UFSM e graduado em Marketing pelas Faculdades Senac Porto Alegre. Atualmente é professor na Faculdade Senac Porto Alegre e pesquisador de Marketing trabalhando com temas sobre comportamento do consumidor. Atualmente é revisor Journal of Research in Economics and International Finance; Gestão & planejamento (ISSN: 2178-8030); RAIMED: Revista de Administração IMED (ISSN: 2237-7956); RACE - Revista de Administração, Contabilidade e Economia - ISSN: 2179-4936; Revista Organizações em Contexto (ISSN: 1982-8756); Revista de Administração da Unimep- RAUnimep (ISSN: 1679-5350). Realizou atividades na ReA - Revista de Administração da UFSM - na função de Editor adjunto. Atuou nas áreas de Marketing e vendas nos setores de serviços e varejo por mais de 15 anos, período no qual ocupou cargos de analista de marketing e gerente.

Fernando Oliveira Santini, Faculdade Senac Porto Alegre

Doutor em Administração pela Pontífica Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUC/RS, possui mestrado em Administração pela PUC/RS (2008) e graduação em Comunicação Social pela Universidade Luterana do Brasil - ULBRA (2004). Atualmente é professor dos cursos de Graduação e Pós-Gradução da Faculdade da Serra Gaúcha - FSG e da Faculdade SENAC/RS. Coordenador dos cursos de Pós Graduação e Extensão da Faculdade SENAC/RS. Coordenador da Pós-Graduação em Gestão Estratégica de Vendas e Marketing da Relacionamento da FSG e Comunicação Estratégica de Marketing das Faculdades Senac/RS. Tem experiência na área de Administração, atuando principalmente nos seguintes temas: comportamento do consumidor, pesquisa de mercado, gestão e estratégia.

Maria Emília Camargo, Universidade de Caxias do Sul, UCS

Possui Licenciatura em Estatística pela Universidade Federal de Santa Maria (1977), Licenciatura em Administração e Controle pela Universidade Federal de Santa Maria (1977), Bacharelado em Ciências Administrativas pela Universidade Federal de Santa Maria (1975), Bacharelado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Santa Maria (1979), graduação em Licenciatura em Economia e Mercado pela Universidade Federal de Santa Maria (1977), Mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Maria (1979) e Doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (1992). Pós-doutorado em Controle Estatístico de Processo pela Universidade Estatal Técnica de Kazan. Pós-doutorado em Métodos Quantitativos Aplicados à Gestão pela Universidade do Algarve Portugal. Atualmente é Professora e Coordenadora do mestrado em administração da Universidade de Caxias do Sul. Professora e Coordenadora do doutorado em Administração em associação entre a Universidade de Caxias do Sul e PUCRS. Professora adjunto da Universidade de Santa Cruz do Sul. Pesquisadora do CNPq nível 1-C, no período de 1993-2002. Atualmente é Bolsista de Produtividade Desen. Tec. E Extensão Inovadora do CNPq- Nivel 2. Gestora do Pólo de Inovação Tecnológica dos Campos de Cima da Serra. Seus principais interesses de pesquisa são: Cenários Prospectivos, Arranjos Produtivos, Controle Estatístico de Processo e Inovação Tecnológica.

Downloads

Publicado

2016-05-10

Edição

Seção

Artigos