SOBRE AFETOS E FOTOS: VOLUNTURISTAS EM UMA FAVELA CARIOCA

  • Bianca Freire-Medeiros CPDOC/FGV
  • Fernanda Nunes CPDOC/FGV
  • Lívia Campello UERJ
Palavras-chave: Volunturismo. Afeto. Favela. Fotografia. Rio de Janeiro (RJ) Brasil.

Resumo

O artigo trata de uma forma de turismo bastante recente e ainda pouco estudada: o chamado volunturismo. Seu foco reside na interação entre três volunturistas estrangeiras e um grupo de crianças em uma favela carioca.  É nossa intenção apreender o fluxo de emoções construído por meio da produção de imagens fotográficas, cuja dinâmica nos desafia a repensar o que tem sido dito sobre as relações entre fotografia e práticas turísticas. A metodologia de pesquisa envolveu onze meses de observação participante, bem como entrevistas em profundidade com agentes qualificados (lideranças locais, volunturistas e agentes promotores), aplicação de questionários semiestruturados e realização de um grupo focal. Tanto as fotografias que compõem nosso acervo fotoetnográfico quanto as observações de campo colocam os jogos e brincadeiras como atividades centrais desenvolvidas pelas personagens apresentadas neste artigo. Se, por um lado, estávamos em busca de um entendimento das complexidades e nuances que o volunturismo envolve, por outro, destacou-se a posição ambígua na qual nós, pesquisadoras, nos encontramos ao longo da pesquisa.

Biografia do Autor

Bianca Freire-Medeiros, CPDOC/FGV
Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC) da Fundação Getulio Vargas (FGV).
Fernanda Nunes, CPDOC/FGV
Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC) da Fundação Getulio Vargas (FGV). Email
Lívia Campello, UERJ
Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC) da Fundação Getulio Vargas (FGV).
Publicado
06-09-2011
Seção
Artigos