FEMINITY AT THE BEACH – ISSUES ON FASHION, GENDER AND TOURISM IN ARGENTINA

Autores

  • Regina Schlüter Universidad Nacional de Quilmes

DOI:

https://doi.org/10.7784/rbtur.v4i3.340

Palavras-chave:

Estudos Sociais do Turismo. Atividades Turístico-Recreativas. Gênero. Moda. Argentina.

Resumo

O artigo analisa as mudanças estruturais produzidas na sociedade industrial ao redor de 1910, que permitiram às mulheres terem mais liberdade, começando pela prática de esportes, seguindo, após a Primeira Grande Guerra, com a inclusão no turismo. No entanto, a liberdade das mulheres em viagem era aparente, desde que os costumes tradicionais continuavam sendo muito rígidos, de acordo com os preceitos culturais decorrentes do paternalismo, dominante naquele tempo. Será só no final da Segunda Grande Guerra que as mulheres começarão a ter força para decidir o próprio destino. Dita transição vê-se refletida principalmente na moda, que será analisada com foco no turismo, examinando revistas da época, assim como fotografias do período focado.

Biografia do Autor

Regina Schlüter, Universidad Nacional de Quilmes

Downloads

Publicado

2010-12-31

Edição

Seção

Artigos