PERFIL DOS TRABALHADORES DE COZINHA DA VIA GASTRONÔMICA DE COQUEIROS E NOTAS SOBRE A QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL NO SETOR DE ALIMENTOS E BEBIDAS EM FLORIANÓPOLIS/SC

Autores

  • Fernando Goulart Rocha Instituto Federal de Santa Catarina
  • Liz Cristina Camargo Ribas Instituto Federal de Santa Catarina
  • Adrina Terezinha Chagas Assunção Instituto Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.7784/rbtur.v4i3.332

Palavras-chave:

Educação Profissional. Trabalhadores. Cozinha. Setor de alimentos e bebidas.

Resumo

Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina, é considerada uma cidade brasileira de relevância turística. Com o objetivo de levantar dados sobre a qualificação dos profissionais do setor de alimentos e bebidas, realizou-se uma caracterização dos trabalhadores de cozinha de uma via gastronômica específica da cidade, localizada no bairro de Coqueiros e adjacências. Para tanto, utilizou-se um questionário aplicado por meio de entrevista estruturada com 39 trabalhadores de 15 estabelecimentos. O perfil dos trabalhadores da Via Gastronômica de Coqueiros atestou a falta de exigência de escolaridade e de qualificação profissional na contratação pelo empresariado, pequena especialização de funções de serviço e elevada rotatividade da mão-de-obra empregada.

Biografia do Autor

Fernando Goulart Rocha, Instituto Federal de Santa Catarina

Rua 14 de Julho, 150 - Enseada dos MarinheirosFlorianópolis / CoqueirosSanta Catarina88075-010BrasilDoutor em Geografia. Professor de Ciências Humanas do Instituto Federal de Santa Catarina, Campus Florianópolis - Continente.

Liz Cristina Camargo Ribas, Instituto Federal de Santa Catarina

Mestre em Biotecnologia. Professora de Educação Ambiental do Instituto Federal de Santa Catarina, Campus Florianópolis - Continente.

Adrina Terezinha Chagas Assunção, Instituto Federal de Santa Catarina

Técnica em Cozinha.

Downloads

Publicado

2010-12-30

Edição

Seção

Artigos